top of page
Buscar

Comidas típicas de Festa Junina: 5 pratos que não podem faltar na sua!

Uma das maiores festas do Brasil está chegando com suas comidas deliciosas, músicas e danças típicas.


A Festa Junina teve origem na Europa e foi trazida para o Brasil pelos portugueses, misturando sua tradição com elementos da cultura africana, indígena e do povo sertanejo. Celebrada em todo o país, alguns lugares realizam festas que são reconhecidas internacionalmente e são grandes pontos turísticos, como a Festa de São João Campina Grande (PB), São João do Caruaru (PE) e Bumba meu boi em São Luís (MA).


Ela se formou com a mistura de elementos pagãos e o cristianismo, tendo três padroeiros: Santo Antônio, São João e São Pedro. Algumas características marcantes dessa festividade são as quadrilhas, música sertaneja, fogueiras, roupas típicas e queima de fogos.


Festa Junina traz elementos da cultura caipira como quadrilha, música e comidas típicas (foto: Beto Ferraz)


Cada lugar possui costumes e comidas típicas que tornam as Festas Juninas ainda mais especiais. No post de hoje, separamos 5 pratos dos arraiais que não podem faltar na sua festa:


Canjica

Se tem uma sobremesa que não pode faltar numa festa junina é a Canjica. Esse caldo de milho feito com leite de coco, leite, canela, cravo e outras especiarias é um clássico servido nos arraiais do Brasil. Estudiosos apontam que a canjica é originária da África e foi trazida para o Brasil pelos escravos, sendo feita na senzala por ser uma iguaria barata e muito saborosa. Com o passar dos anos a receita foi se transformando até se tornar a versão que todos amam nas festas juninas.


Canjica (foto: Yoki)


Bolo de Milho

Outra comida essencial é o Bolo de Milho. Ele é muito simples de ser preparado e conta com ingredientes acessíveis, como ovos, milho, óleo, leite condensado, farinha de trigo, leite de coco e fermento. Existem opções de bolo de milho cremoso que vem sendo vistas cada vez mais nas barraquinhas das festas.



Bolo de Milho (foto: Shutterstock)

Pé de Moleque

E não é só de receitas com milho que é feita uma festa junina. O Pé de Moleque também faz parte do cardápio brasileiro e conta com muito amendoim em sua composição. Ele é um mix de amendoim torrado e rapadura e tem esse nome, pois nos tempos de Brasil colônia o doce era vendido nas barracas de rua e quando as quituteiras se distraiam, os meninos travessos corriam e pegavam um doce. Assim que elas percebiam, logo gritavam “pede, moleque” e depois dessa cena se repetir tantas vezes, o doce ganhou seu nome.



Pé de Moleque (foto: Ana Maria Brogui)


Quentão

A bebida queridinha das festas é o Quentão. Ela surgiu no interior dos estados de Minas Gerais e São Paulo com o objetivo de aquecer o corpo nos meses frios da festa junina. O Quentão é feito tradicionalmente com cachaça, mas também existem versões da receita com vinho, além de frutas como limão, laranja e abacaxi com gengibre. Como o seu nome diz, ele deve ser servido quente e também pode ser feito sem álcool, substituindo a bebida por suco de uva.



Quentão (foto: Mixology News)



Bolinho de São João ou Bolinho de Caçapava


É claro que não poderia faltar essa iguaria que só Caçapava tem: o Bolinho de São João. Esse prato é considerado um Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Caçapava e faz parte da culinária típica da cidade durante o período de festas juninas. Ele é feito com farinha de mandioca, carne moída, cheiro verde e tempero a gosto, tudo misturado na mão e enrolado em bolinhas pequenas. Somente em 2022, foram servidos mais de 35 mil Bolinhos de São João na Festa Junina do GAMT.



Bolinho de São João (foto: Câmara Municipal de Caçapava)


Outros pratos que não podem faltar na sua Festa Junina:


  • Pipoca

  • Cachorro-quente

  • Pastel

  • Vinho quente

  • Pamonha

  • Maçã do amor

  • Milho cozido

  • Cuscuz

  • Polenta

  • Sanduíche de pernil

  • Pizza

  • Bolo de Fubá

  • Amendoim

  • Batata frita

  • Pão com linguiça

  • Caldinho

  • Espetinho

  • Acarajé

  • Arrumadinho

  • Baião-de-dois

  • Escondidinho de carne-seca

  • Paçoca de carne-seca

  • Tapioca de carne seca

  • Algodão doce

  • Arroz doce

  • Baba de moça

  • Bicho de pé

  • Churros

  • Curau

  • Paçoca

  • Bolinho Caipira



Festa Junina do GAMT


Uma das festas mais tradicionais de Caçapava é o Arraiá do GAMT que chega a sua 36° edição, em 2023. A festividade foi criada por Dona Deuza Gobbi e a Dona Maria Antônia, em 1985, com o intuito de arrecadar fundos para a manutenção dos projetos sociais desenvolvidos pela instituição e oferecer diversão para as pessoas da cidade.


Esse é um evento de manutenção da cultura popular dando destaques as comidas típicas, danças e costumes da região. No ano passado, a festa junina do GAMT teve um público de mais de 14 mil pessoas em seus dois fins de semana e grandes shows com as bandas rio Mana Flor, André Garibaldi, Peixelétrico, Nando Nogueira, Circuladô de Fulô, Trio Dona Zefa, Bicho de Pé, Enok Virgulino, Dois Dobrado, Rastapé e Kanaviá.


Toda a renda arrecadada na festa é repassada para manutenção de projetos como Jovens Talentos e GAMT Lab.




42.196 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page