Buscar
  • Flaviane

Festa Junina do GAMT reúne milhares de pessoas em 2 finais de semana

Após 2 anos sem festas presenciais, a Festa Junina do GAMT retornou para sua 35° edição e abrilhantou Caçapava com muita música boa e bolinho caipira em seus sete dias de comemorações. Estiveram presentes mais de 14 mil pessoas que puderam prestigiar grandes atrações que fizeram a pista de dança lotar com apaixonados por forró.


14 mil pessoas prestigiaram a 35° Festa Junina do GAMT (foto: Beto Ferraz/Arquivo)


O palco do Arraiá do GAMT foi comandado por artistas incríveis como Trio Mana Flor, André Garibaldi, Peixelétrico, Nando Nogueira, Circuladô de Fulô, Trio Dona Zefa, Bicho de Pé, Enok Virgulino, Dois Dobrado, Rastapé e Kanaviá. Além disso, tivemos apresentações de 15 quadrilhas em parceria com os alunos dos colégios Renascença, Olívia Alegre, Lima e do grupo de dança folclórica Carunxu Di Mio, de Queluz.


“O público do GAMT é muito especial! Vimos a pista de dança interagindo com a gente e dançando de verdade. Na hora que puxamos a quadrilha todos participaram espontaneamente. Foi demais!” conta a banda Dona Zefa.

Tivemos 15 apresentações de quadrilhas com escolas de Caçapava e grupos folclóricos (foto Beto Ferraz/Arquivo)


Um dos principais objetivos da Festa Junina do GAMT é a manutenção da cultura e tradições caipiras por meio da música, culinária e costumes juninos. Todo o público teve a oportunidade de se conectar a suas origens e aproveitar uma festa pensada para todos, abraçando a diversidade.


O GAMT é uma das poucas festas do estado que mantém a cultura do forró pé de serra em suas atrações, além das comidas juninas que não preciso falar nada, né?” falou um dos integrantes da banda Kanaviá.

O público lotou a pista de dança em todos os dias de festa (foto: Beto Ferraz/Arquivo)


É claro que não poderiam faltar deliciosos pratos tradicionais no arraiá do GAMT. Durante os 2 finais de semana foram servidas mais de 35 mil bolinhos de São João, além de toneladas de comida nas barraquinhas espalhadas pelo evento com lanches, pastéis, quentão, vinho quente, entre outros sabores típicos. Foram feitos também almoços beneficentes aos sábados e domingos, em que foram vendidos pratos de Baião de Dois, Galinhada, Feijão Tropeiro e Paella Mineira, com sua toda a renda revertida para as ações da instituição.


“Sou de São José dos Campos e venho em todas as festas juninas (do GAMT). Além de ter uma qualidade muito grande nas atrações, saber que você está ajudando um projeto social é ainda mais enriquecedor” explica Regina que prestigiou a festa este ano.


Toda a renda arrecadada na Festa Junina do GAMT é utilizada para a manutenção dos programas de capacitação profissional realizados pela instituição e nesta 35° edição foi arrecadado o valor de R$200 mil por meio da entrada solidária, almoço beneficente, barracas de alimentação e bingo. O Diretor do GAMT Paulo Luz conta que “a festa cresceu, encantou o público presente, fortaleceu nossa marca e mais importante: conseguimos o valor necessário para a continuidade do programa de tecnologia para os jovens”.


Neste ano serão beneficiados mais de 150 jovens de 6 a 15 anos que fazem parte do projeto GAMT Lab. Esse programa de aprendizado propõe que o aluno trabalhe a criatividade, criando familiaridade com conceitos e ferramentas atuais da tecnologia.



17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo