top of page
Buscar
  • Flaviane

Criatividade e Tecnologia são os protagonistas do FIC Caçapava 2022


Você sabia que existem formas diferentes de aprender e desenvolver a criatividade? Novas maneiras de aprendizagem foram sendo desenvolvidas pelos profissionais da educação nos últimos anos e transformaram as salas de aulas em um lugar que vai além do que está escrito nos livros.


As atividades conectadas com o movimento da aprendizagem criativa faz com que o aluno seja o centro do processo e ajuda a despertar atitudes de autonomia, senso crítico e criatividade durante a educação. O aluno não aprende somente ouvindo o professor, ele passa a ser o protagonista e é estimulado a criar soluções e desenvolver novas formas de pensar.


Com base nesses conceitos surgiu o FIC - Festival de Invenção e Criatividade - que aproxima a comunidade dessas atividades de aprendizagem criativa e traz uma educação moderna para crianças e adolescentes.


Pela primeira vez, foi realizado este festival na cidade de Caçapava com diversas atividades e atrações feitas para ensinar sobre criatividade e tecnologia. Toda a comunidade foi convidada para interagir com voluntários e professores colocando a mão na massa e aprendendo conceitos científicos nas estações espalhadas pelo evento.


O evento contou com a presença de em média 700 pessoas, dentre elas professores, pais e alunos das escolas públicas, estaduais e municipais da educação infantil ao ensino médio para que pudessem conhecer essas atividades e fossem introduzidos a temas importantes para o seu desenvolvimento escolar.

Cantinho Mão na Massa trouxe diversas atividades para as crianças (foto: arquivo)


Veja algumas das atividades que foram realizadas:


Mostra Interativa


Esse espaço foi destinado à apresentação de projetos interativos e de tecnologia realizados por alunos do ensino fundamental e médio que fazem parte do GAMT Lab e da Escola Estadual Profª Ruth Sá.


Cantinho Mão na Massa


Nesta atividade os participantes puderam colocar a criatividade em ação montando novas criaturas, luminárias de MDF, brincando de equilibrar objetos, string art (técnica artesanal que utiliza linhas e pregos para criar diferentes imagens), fazendo diferentes modelos de avião de papel e participando da construção de um painel de lambe lambe.

Show de Ciências da USP trouxe experimentos para as crianças aprenderem de forma divertida (foto: arquivo)


Além das atividades, o FIC contou com atrações culturais durante todo o dia com apresentações da Associação Lua Bailarina, DJ Kdalm, banda Kamaleões e do Show de Ciências da USP, um projeto dedicado a aproximar jovens do conhecimento científico usando experimentos divertidos.


Todo o espaço foi desenvolvido para que houvesse uma interação entre toda a comunidade, dando a oportunidade de que pais e filhos pudessem aprender lado a lado e desenvolver sua criatividade em cada uma das atividades. Crianças do ensino infantil se divertiram criando criaturas com materiais orgânicos e estudantes de escolas estaduais e municipais da região puderam vivenciar criatividade por meio de materiais recicláveis, mas também utilizam de tecnologias.


“O FIC é um movimento que conecta estudantes, professores, famílias e a comunidade. A participação dos espaços formais de ensino, como escolas estaduais, é de extrema importância para que o evento chegue ao público mais vulnerável e que muitas vezes fica à margem dos processos criativos e de inovação” conta a coordenadora do GAMT, Vânia Agostinho.



27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page