Buscar
  • Flaviane

Como tirar o título de Eleitor e porque ele é tão importante?


Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelam que, no fim de março, mais de 100 mil jovens solicitaram o título eleitoral pela internet. O aumento repentino é resultado de uma campanha da classe artística e política que buscou reforçar a busca do título para jovens de 16 e 17 anos.


Até o mês de março, o TSE contabilizou que mais de 850 mil jovens tiraram o título de eleitor no ano. Mas você conhece o que é o título e como tirá-lo? O GAMT te ensina tudo sobre esse tema no post de hoje!


O que é o título de eleitor?


Para participar de qualquer eleição no Brasil, é necessário estar cadastrado na Justiça Eleitoral. Esse cadastro é intitulado ‘título’. No país, o voto é obrigatório para as pessoas maiores de 18 anos. Para jovens de 16 e 17 anos, o voto é facultativo, mas não deixa de ser essencial para a democracia brasileira.

Além disso, o título de eleitor não serve apenas para que você participe das eleições. Diversos documentos, processos e inscrições exigem o título, como:


  • CPF

  • Passaporte

  • Matrículas em escolas e faculdades

  • Concursos Públicos

  • Contratações em empresas

Sem o título, você não consegue realizar nenhuma dessas atividades. Então vamos aprender como tirá-lo, né?


Como tirar o título de eleitor?

A emissão do título de eleitor pode ser feita digitalmente, pela página TítuloNet do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ou presencialmente, em um cartório eleitoral.



No Brasil, as eleições são realizadas em urna eletrônica (Foto: Agência Brasil)


Tirar o título digital é muito simples e rápido: basta acessar a página do Título Net. Para garantir seu título, é obrigatório digitalizar um documento de identidade, como a carteira de identidade, carteira de trabalho, a certidão de nascimento ou a certidão de casamento.


Também é necessário digitalizar um comprovante de residência original e um certificado de quitação com o serviço militar. Pessoas trans ou travestis conseguem adaptar o título para o nome social na mesma página.


Após o processamento de todos os dados, você pode acompanhar a sua solicitação na seção “Acompanhar Requerimento”. Quando suas informações forem aceitas, você pode baixar o aplicativo ‘E-Título’ e já estará apto para participar das eleições brasileiras.


Para tirar o título presencial, deve-se agendar o atendimento pelo portal do Título Net e visitar o cartório escolhido com os mesmos documentos da seção digital: documento de identidade, comprovante de residência e certificado de quitação do serviço militar para homens.


Importância do título

No entanto, não basta apenas votar em um candidato que espelhe seus ideais. É necessário acompanhar e fiscalizar as escolhas políticas do mesmo, já que ele recebe e trabalha para representar seu eleitorado.



Mais de 800 mil jovens já garantiram o título em 2022 (Foto: Agência Brasil)


Por isso, uma participação ativa na política é transformadora e ideal para moldarmos o futuro que desejamos para o país.


Para a estudante Sofia Crosfeit, a participação da juventude nas eleições é essencial para o futuro: ‘’são eles o reflexo do que vem sendo discutido na atualidade, das novas reflexões e quebra de convenções antes estipuladas. São os jovens que terão de pensar no futuro daqui pra frente e quais as melhores escolhas a se tomar’’.


A jovem tirou o título pela internet em apenas algumas horas: ‘’Foi super fácil e rápido, o requerimento foi aprovado em poucos dias e já pude acessar meu título online por meio do aplicativo’’


O estudante Murilo Nassula também garantiu o título, mas acredita que os jovens devem se empenhar para votar: ‘’Por mais adequado que meu voto possa ser, se outros eleitores não possuírem também a preocupação de estudar sobre os candidatos e de buscar a verdade e a justiça, meu voto não será forte o bastante para atingirmos a melhora que buscamos na troca dos mandatos’


‘’Logo, é de suma importância que cada eleitor crie consciência de seu papel na sociedade e saiba que seu voto tem importância para decidir o rumo do país.’’, finaliza.


59.259 visualizações1 comentário