Buscar
  • Flaviane

O que é um programa de jovem aprendiz? Veja como você pode se destacar no mercado de trabalho



Como me destacar no mercado de trabalho e conseguir uma vaga de jovem aprendiz? Para entender sobre esse tema, é necessário entender como o programa funciona. O programa Jovem Aprendiz tem como público-alvo jovens de 14 a 24 anos que estejam matriculados em uma instituição de ensino e que procuram uma primeira oportunidade de emprego.


Além de ajudar jovens na complicada inserção no mercado de trabalho, o programa Jovem Aprendiz auxilia no desenvolvimento pessoal e profissional de milhares de indivíduos. Quer aprender mais sobre esse tema e conquistar sua vaga? No texto de hoje, selecionamos algumas dicas para você se preparar.


O que é o programa Jovem Aprendiz?


O programa Jovem Aprendiz, também conhecido como Lei do Aprendizagem, é o programa que regulariza a contratação de jovens em empresas de médio e grande porte. Criada originalmente em 2000, a Lei nº 10.097 determina que tais empresas devem contratar aprendizes dentro do percentual de 5% a 15%.


Dentro do programa, os jovens podem desenvolver atividades práticas e teóricas que irão auxiliar em sua formação. Além disso, o programa promove a primeira experiência com o mercado de trabalho e integra o aprendiz dentro da cultura organizacional de uma empresa.


Quais os requisitos para um jovem aprendiz?


Para se candidatar a uma vaga, o jovem aprendiz deve ter 14 a 24 anos incompletos (ao completar 24 anos o contrato se encerra, independente da data pré estabelecida no contrato. Dessa forma, em geral, as empresas contratam até 22 anos para não correrem o risco de terminar o contrato de forma antecipada), ele deve estar matriculado em uma instituição de ensino na idade do ensino regular. Após conclusão do Ensino Médio não há essa obrigatoriedade. Para pessoas com deficiência, não existe um limite de idade.


Quais os direitos de um jovem aprendiz?


Assim que contratado, o jovem aprendiz tem direito a vale-transporte e a um salário mínimo proporcional ao número de horas trabalhadas. O jovem aprendiz também tem o direito de receber o décimo-terceiro salário e tirar férias, que podem ser pagas ao final do contrato.


O horário de trabalho de um jovem aprendiz não pode ser compensado ou estendido. Para jovens que ainda estão no ensino médio, a carga horária é de até seis horas diárias. Para pessoas que já concluíram o ensino médio, a carga horária também admite 2 horas de capacitação teórica.


Quais os deveres de um jovem aprendiz?


Para se manter em uma vaga, o jovem aprendiz deve ter frequência regular na instituição de ensino que participa. Além disso, ele deve ser pontual e ter um rendimento satisfatório dentro da empresa e da Instituição Capacitadora.


Qual a importância de ser um jovem aprendiz?


Em um mercado extremamente competitivo, se candidatar para uma vaga de jovem aprendiz é uma das alternativas mais viáveis para conseguir o primeiro emprego. A experiência adquirida é valiosa dentro do currículo e pode até resultar em uma futura efetivação.


Se tornar um jovem aprendiz é uma ótima forma de iniciar uma carreira. A qualificação profissional adquirida é fundamental para a formação profissional do indivíduo, e o programa de aprendizagem pode ser a porta de entrada para um futuro profissional de sucesso.


Como se destacar em um processo seletivo sem ter experiência profissional?


Para se destacar dentro de um processo seletivo, é muito importante começar pela aprimoração de seu currículo. Ter atividades extracurriculares e praticar outras línguas são partes importantes dentro de um currículo, principalmente se você ainda não tem experiência profissional.


Um bom currículo deve ser claro e objetivo. Nada de textos longos: ele deve mostrar, em poucas palavras, quem você é e o que pode oferecer. Revise a ortografia de todo documento e se prepare para as entrevistas!


Como se preparar para uma entrevista de emprego?


Para conseguir se destacar em uma entrevista de emprego, é importante se preparar previamente. Praticar as perguntas mais frequentes em uma entrevista com um amigo ou na frente do espelho pode te fazer ganhar autoconfiança. E para saber responder as perguntas é muito importante autoconhecimento para que saiba "vender seu peixe".


Na entrevista, é fundamental ser pontual. Cuidar da aparência e estar vestido de acordo com o código de vestimenta do local também é crucial para uma boa primeira impressão.


Conhecer um pouco sobre a empresa em que se está candidatando é indispensável. Cada empresa tem sua própria cultura e história, e conhecer um pouco sobre esses valores pode te destacar dos outros candidatos.


Também vale reunir as principais informações sobre sua vida escolar ou acadêmica. Em uma entrevista de jovem aprendiz, você pode falar sobre a sua participação em atividades extracurriculares, como oficinas, palestras e trabalhos voluntários.



Onde me cadastrar para uma vaga de jovem aprendiz?


Se interessou em participar de um programa de Jovem Aprendiz? O GAMT pode te ajudar! Para se cadastrar, é só visitar o site oficial e se inscrever no processo em www.gamt.org.br/aprendiz.


Ao se cadastrar, o candidato participa de alguns ciclos de desenvolvimento e é submetido a algumas avaliações de tecnologia, comunicação escrita e comportamento. Após esse ciclo, o GAMT encaminha o perfil dos candidatos para os processos seletivos.


61 visualizações0 comentário