Buscar
  • Flaviane

Universidade: Um guia completo



Um dos assuntos mais discutidos durante a formação no ensino médio é como entrar no ensino superior. O fim dos estudos chega recheado de perguntas: Qual a diferença entre faculdade pública e particular? Onde estudar de forma gratuita?


Não se preocupe: essas dúvidas são extremamente comuns. Com a evolução do mercado de trabalho, uma boa graduação pode fazer muita diferença na procura por um bom emprego, e hoje, o GAMT separou as principais respostas sobre como entrar em uma universidade.


O que é uma universidade e qual a diferença entre o ensino público e privado?


Para entender como entrar em uma universidade, é necessário entender a diferença entre uma universidade pública e privada. Uma universidade pública depende de verbas federais, estaduais e municipais, e por isso, não cobra qualquer valor de seus estudantes. Essas universidades também são muito conhecidas pelas grandes oportunidades oferecidas, como bolsas internacionais, intercâmbios e projetos de pesquisa, além de cursos altamente qualificados. Por mais que a lei garanta o ensino superior como direito da população, as vagas nessas universidades são de alta procura. Por isso, a matrícula em uma universidade pública é quase sempre determinada pela posição dos estudantes nos vestibulares.


Uma das alunas que conquistou a tão sonhada vaga em uma universidade pública é a estudante de jornalismo Ana Trevisan. Com 19 anos, Ana decidiu que gostaria de estudar em uma universidade pública, mas ainda não tinha certeza do curso que iria seguir: ‘’Todo o meu ensino médio girou em torno dos vestibulares.’’ Quando decidiu cursar Jornalismo, a estudante prestou o vestibular da Universidade Estadual Paulista e foi aprovada na primeira chamada: ‘’O melhor da universidade pública é poder fazer ciência, fazer pesquisa. Poder estar nesse meio acadêmico e contribuir com ele é o maior benefício’’.


Existe também a diferença entre uma universidade federal e estadual. As universidades federais são geridas pelo governo federal, e, em sua maioria, aceitam o ENEM como nota do processo seletivo. As universidades estaduais são geridas pelo governo estadual e geralmente possuem seus próprios vestibulares.


As universidades privadas também são, em sua maioria, guiadas por vestibulares. No entanto, não são gratuitas: para estudar em uma delas, é necessário pagar uma mensalidade. Pela grande procura, essas instituições estão presentes em quase todas as cidades do Brasil e são mais acessíveis que as universidades públicas, que geralmente contém uma menor quantidade de vagas, além de se encontrarem exclusivamente em grandes centros ou em cidades muito remotas


A designer Emily Lohainy, diferente de Ana Trevisan, preferiu estudar em uma universidade privada. Com uma nota muito satisfatória no ENEM, a jovem conquistou uma bolsa integral no curso de Design Gráfico e conseguiu se formar: ‘’Na época, eu tinha acabado de terminar o ensino médio e não poderia morar muito longe, por isso, escolhi estudar na região. Com o ENEM, consegui a vaga pelo PROUNI’’.


Que prova fazer para entrar em uma faculdade?

Para conseguir uma vaga em uma universidade, você deve estudar o vestibular responsável pelo curso desejado. Na maioria dos cursos, o único vestibular necessário é o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).


Com 180 questões e uma redação, o ENEM é o principal método de entrada nas universidades brasileiras. Nas universidades públicas, o processo seletivo é feito pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU). Esse portal oferece as vagas disponíveis nas universidades federais duas vezes por ano, e, por um ranking, classifica os alunos selecionados.


Para as universidades privadas, utiliza-se o Programa Universidade para Todos (Prouni). Por meio de bolsas integrais e parciais, alunos de escolas públicas conseguem estudar nas principais faculdades com grandes descontos. O processo seletivo é similar ao SISU, já que classifica os alunos por meio da média do ENEM.


Também existem outros vestibulares para participar das universidades. No Estado de São Paulo, por exemplo, todas as universidades estaduais oferecem o próprio processo seletivo. A Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho (UNESP) oferece o vestibular único para a universidade, a VUNESP. A Universidade de São Paulo (USP) é responsável pela FUVEST, e a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), a COMVEST.


As universidades privadas também oferecem seus próprios vestibulares: a maioria utiliza diversas formas de admissão para a matrícula de seus alunos. A Universidade de Taubaté, por exemplo, não utiliza o Prouni, mas sim seu próprio vestibular.


Quais as melhores universidades do país?

O Brasil é um dos países com maior número de faculdades no mundo. Com tantos cursos, pode parecer difícil escolher, mas existem alguns rankings que ajudam os estudantes a classificar as melhores escolhas de estudo. Classificamos, aqui, as dez melhores universidades públicas de acordo com os principais rankings estudantis.


  • Universidade de São Paulo (USP)

  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

  • Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho (UNESP)

  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

  • Universidade Federal do Paraná (UFPR)

  • Universidade de Brasília (UNB)

  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)


Como estudar para o ENEM?

Vestibulares podem ser complicados, e para conseguir conquistar sua tão sonhada vaga, pode ser necessário traçar um cronograma de estudos e assistir diversas videoaulas. Confira os principais sites para estudar para os vestibulares brasileiros:


  • Descomplica

Talvez o site mais popular de ensino pré-vestibular, o Descomplica é uma plataforma de estudos recheada de vídeo aulas, aulas ao vivo, simulados e exercícios para estudo.


  • Brasil Escola

Com milhares de resumos e materiais, o site Brasil Escola pode ser uma boa escolha para complementar seus estudos.


  • FGV Ensino Médio

O site da Fundação Getúlio Vargas é uma ótima ferramenta de estudo. Com diversos exercícios e até um temporizador, você pode praticar a realização de um vestibular dentro de casa.


  • Só Matemática

A Matemática é uma das matérias que mais exige ensino e dedicação no vestibular. Para isso, utilize o site Só Matemática. Com milhares de conteúdos gratuitos, você pode aprender muito sobre a matéria.


  • Me Salva

Famosa por seus mapas mentais, a plataforma Me Salva é uma excelente escolha para o estudo dos vestibulares. Com centenas de módulos e correção de 4 redações por mês, o site já ajudou milhares de estudantes a conquistarem uma vaga na universidade.


  • Canal Parabólica

Para as matérias de Ciências Humanas, como História, Sociologia e Filosofia, o canal Parabólica é a escolha certa. Por meio de videoaulas gratuitas, o professor Pedro Rennó detalha as principais matérias do ENEM de forma simples e prática.


  • Gramática Online

A redação é uma parte importantíssima de todos os vestibulares. Para isso, não esqueça de treinar sua gramática. Com o site Gramática Online, você pode praticar a língua portuguesa todos os dias.


Por que estudar numa universidade?

O ensino superior é muito mais do que apenas a conquista de um diploma e a formação de uma carreira. A universidade é um local de aprendizagem, pesquisa, extensão e formação de opinião. Ao se matricular em um curso, você não aprende apenas uma profissão, mas sim aprende como impactar a sociedade com sua força de trabalho e estudo.


Quando você estuda, você não muda apenas a sua vida, mas sim a de todos ao seu redor. O conhecimento muda toda a sociedade, e quando você conclui um ensino superior, você pode fazer parte dessa mudança. E aí, quer estudar em um ensino superior? Não esqueça de seguir as dicas!


6 visualizações0 comentário