Buscar
  • Flaviane

Gamt é finalista de programa de aceleração e concorre a investimento de R$10 mil


O GAMT (Grupo de Assessoria e Mobilização de Talentos) foi uma das ONGs aprovadas para a segunda edição no programa de aceleração da 1Bi Labs, fundação apoiada pela Movile e suas investidas, como iFood, Sympla e PlayKids. Cada projeto obteve três meses de treinamento e mentoria com especialistas do mercado, da Movile e das empresas de seu ecossistema.


No dia 20 de maio, será anunciado o grande vencedor, que receberá o investimento de R$ 10 mil para seguir em frente com seu propósito de impactar a vida de jovens brasileiros em situação de vulnerabilidade.


O GAMT tem como objetivo utilizar o prêmio para montar um curso técnico de tecnologia gratuito para a comunidade. De acordo com Paulo Roberto Ribeiro, coordenador do GAMT, esse curso terá inicialmente como público alvo mulheres a partir dos 18 anos.


Projeto de curso técnico pretende inserir mulheres na tecnologia (Foto: Divulgação)


"Foi uma decisão de atender uma lacuna de mercado, mais de 80% são homens em nossos cursos de tecnologia. Queremos suprir essa lacuna também do mercado de trabalho", explicou Ribeiro. Atualmente, o GAMT ainda não possui cursos técnicos.


Somos uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, criada em 1975, por iniciativa da assistente social Zélia Madureira. Temos a missão de oferecer oportunidades de desenvolvimento e inserção de jovens no mercado de trabalho. No decorrer dos 46 anos de trabalho com a juventude, a proposta formativa (qualificação) foi adaptada e nos anos 2000, passamos a adotar a tecnologia, inovação e empreendedorismo como pilares das propostas sociais.


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo